Notícias Fecomercio

7 de junho de 2018

Comércio atacadista é responsável por mais da metade da movimentação do mercado mercearil


Agentes de distribuição respondem por 53,6% do que é movimentado no setor composto por itens de consumo básico do brasileiro, como alimentos, bebidas, limpeza, higiene e cuidados pessoais

Os produtos de uso comum das famílias – como alimentos, bebidas, limpeza, higiene e cuidados pessoais – sempre estão presentes nas listas de compras, e isso reflete no resultado do faturamento do segmento atacadista distribuidor.

Em 2017, o segmento atacadista distribuidor cresceu 0,7% em termos reais, atingindo faturamento de R$ 259,8 bilhões. Os dados da pesquisa Abad/Nielsen mostram que o setor ficou com a fatia de 53,6% do mercado mercearil nacional. Este é o 13º ano consecutivo em que a participação do atacado distribuidor nesse mercado permanece superior a 50%.

Os números confirmam que o Sudeste se destaca (com 38% do setor) em termos de faturamento, seguido pelo Nordeste (25%), pelo Sul (15%), pelo Centro-Oeste (13%) e pelo Norte do País (8%).

O segmento, segundo dados da Abad, responde por 95% do abastecimento dos varejos tradicionais e dos pequenos mercados (um a quatro checkouts), 85% do abastecimento de bares e 45% do que é fornecido aos varejos de farmacosméticos. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias