Notícias Fecomercio

19 de dezembro de 2017

Classes D e E têm 80% dos inadimplentes no cartão de crédito


Gastos com educação, saúde e na compra de celular foram os mais apontados pelos entrevistados para pesquisa da Boa Vista SCPC

As classes D e E representam 80% da população brasileira que mais sofre com os juros de cartão de crédito, segundo pesquisa da Boa Vista SCPC divulgada nesta segunda-feira (18). Esses consumidores recebem até três salários mínimos por mês, o que equivale a R$ 2.811.

A classe A - que recebe mais de 15 salários mínimos por mês (ou R$ 14.055) - é a menos afetada pelas taxas de juros, sendo que apenas 1% dos mais ricos atrasam o pagamento da fatura do cartão de crédito.

A Boa Vista SCPC também analisou que 35% dos quatro mil entrevistados em todo o País alegam que os gastos com educação foram os mais difíceis de administrar nos últimos seis meses. Na sequência, 18% afirmam que os gastos na compra de celular e pagamento de medicamentos e convênio médico são empecilhos para manter o controle financeiro. Apenas os encargos com IPTU, IPVA e condomínio tiveram queda de 24% para 17% no período.

Durante o segundo semestre deste ano, o órgão identificou que quase metade dos mil consumidores com algum registro de inadimplência eram solteiros (43%), mulheres (55%) e com idade entre 21 e 30 anos (49%). Do total, 66% dos entrevistados vivem nas regiões Sul e Sudeste do País.

Voltar para Notícias